Entenda melhor sobre a Diverticulite e como tratar

O que são divertículos?

Um divertículo é uma bolsa ou saco protuberante que pode se formar em órgãos internos. Nesta apresentação de slides, discutiremos os divertículos do cólon, que são bolsas protuberantes que se projetam para fora na parede do cólon. Os divertículos (plural para “divertículo”) podem ocorrer em qualquer parte do cólon, mas mais comumente se formam perto do final do cólon no lado esquerdo (cólon sigmóide).

O que é diverticulite?

Se um divertículo ficar inflamado ou infectado, ou se a área ao redor dele estiver inchada, isso é chamado de diverticulite. Se a inflamação ou infecção se tornar suficientemente grave, o divertículo pode se romper, espalhando a bactéria do cólon para os tecidos circundantes, causando uma infecção chamada peritonite ou formando uma bolsa de infecção chamada abscesso.

O que é diverticulose?

Quando um paciente tem divertículos (bolsas salientes) no cólon, isso é chamado de diverticulose ou doença diverticular.

Quão comum é a doença diverticular?

A doença diverticular é mais comum em países industrializados, onde as dietas são mais baixas em fibras e mais altas em carboidratos processados. Os Estados Unidos, a Inglaterra e a Austrália têm mais casos de doença diverticular do que lugares como a Ásia ou a África, onde as dietas são mais ricas em fibras.

Quem contrai a doença diverticular?

Nos EUA, a doença diverticular é encontrada em mais de 50% das pessoas com mais de 60 anos. Cerca de 10% a 25% das pessoas com doença diverticular apresentarão inflamação de um divertículo, resultando em infecção (diverticulite).

O que causa divertículos?

A diverticulite pode ter várias causas. Estudos recentes sugeriram causas genéticas e ambientais. Mais tradicionalmente, tem sido sugerido que os divertículos se formam quando há aumento da pressão no cólon. Esse aumento de pressão tem várias causas possíveis. As dietas com baixo teor de fibras causam fezes duras e um “tempo de trânsito” mais lento (o tempo que leva para as fezes passar) através do cólon, aumentando a pressão. Além disso, o esforço repetido durante a evacuação também aumenta a pressão. Alguns medicamentos, como remédios para pressão arterial, “pílulas de água” (diuréticos) e analgésicos narcóticos, podem aumentar a constipação e aumentar a pressão no cólon. Qualquer uma dessas causas de aumento da pressão pode levar à formação de divertículos.

Como a dieta contribui para a diverticulose?

As dietas com baixo teor de fibras tornam as fezes mais duras e podem causar prisão de ventre. A constipação pode causar esforços repetidos durante a evacuação e pode aumentar a pressão no cólon, o que pode levar à formação de divertículos. Dietas ricas em fibras podem prevenir constipação e esforço e podem diminuir o risco de formação de divertículos.

Quais são os alimentos ricos em fibras?

Existem dois tipos de fibra alimentar necessários para manter as fezes moles e prevenir a constipação. A fibra solúvel se dissolve na água e forma uma substância suave semelhante a um gel no trato digestivo. A fibra insolúvel passa pelo trato digestivo quase inalterada e pode ter um efeito laxante, ajudando a evacuar. Boas fontes de fibra incluem frutas e vegetais, grãos inteiros e legumes, como feijão ou lentilha.